A convivência no condomínio e o crescimento pessoal

por Bauer Orcina em 15 de março de 2017

Viver em condomínio é ter a oportunidade diária de crescimento pessoal. É artigo-assinadoverdade, se você estivesse com a sua família em sua casa particular, teria mais liberdade para fazer no seu tempo e do seu jeito. Mas, por outro lado, não teria uma grande vantagem que somente a vida em condomínio oferece: tudo o que aprendemos na convivência com os outros inquilinos e proprietários podemos levar para dentro da nossa casa.

Por exemplo, quando as coisas não se resolvem no tempo que gostaríamos porque ainda não foi decidido ou votado, podemos levar esta experiência para dentro da nossa casa e ter a habilidade de esperar, de reconhecer que a nossa família também é constituída de algumas pessoas, que todos podem ser ouvidos e que as boas melhorias são aquelas capazes de alcançar à todos.

Na vida em condomínio você treina o que fará em casa. Ao se colocar a disposição para ajudar as demais pessoas, as vezes com gestos simples como o de segurar a porta para quem está entrando ou saindo, você pode levar a gentileza também para dentro da sua convivência familiar. Um se colocando a serviço do outro. Todos mais gratos.

E, com aquelas figuras quem não respeitam tanto quanto você respeita a vida em condomínio, as vezes aprendemos a ter paciência mas também aprendemos a importância de nos posicionarmos. Da mesma forma, isto pode ser levado para dentro da nossa casa, na convivência com nossos filhos e no casal.

Sem falar na oportunidade que temos em conhecer outras pessoas e por vezes, outras culturas através dessa convivência. Também damos aos nossos filhos esta chance de conviver com pessoas diferentes e aprender a lidar com isso: cada um tem a sua verdade e todas podem ser respeitadas.

A vida em condomínio é assim: um desafio diário mas também uma oportunidade diária. E, no fundo descobrimos que, quanto mais sabemos conviver com as demais pessoas melhor sabemos conviver com nós mesmos


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *