Adquirir um bem e de repente perdê-lo por um imprevisto, seja por evartigo-assinadoento da natureza ou humano, no caso de roubo/furto não é algo que possamos controlar ou evitar que aconteça. Grades nas portas e janelas de uma residência inibem o roubo, mas não garantem a proteção. Câmeras de vigilância, ou até mesmo segurança 24 horas não são capazes de garantir que esse bem será 100% protegido.

Entretanto existe uma alternativa que irá fazê-lo recuperar esse bem.

O seguro nasceu da necessidade do homem em controlar o risco, e com isso evitar essas perdas/danos com um impacto menor no orçamento financeiro familiar. A proteção oferecida por uma apólice de seguro estende-se sobre eventos muitas vezes inevitáveis (ex. eventos climáticos), situações geradas por ações de terceiros como roubo/furto, acidentes, ou imprevistos como a perda de uma chave, pane de veículo, além de situações ocasionadas a pessoa física como doenças, invalidez, ou morte.

E o proponente precisa saber se a cobertura contratada é suficiente para amparar o risco, e ainda, conhecer o profissional que está o atendendo nessa consultoria. Entretanto, como fazer para não ser enganado ou contratar uma apólice do tipo “caixinha de surpresas” com franquias altas, ou sem as coberturas e assistências necessárias?

Algumas dicas!

  • Faça pesquisa de mercado, levante informações sobre o corretor que o está atendendo, bem como a cia. seguradora por ele apresentada.
  • Leia atentamente todo documento que receber (coberturas, perfil, cláusulas, etc), e na dúvida questione.
  • Nenhuma pergunta é “boba”, nenhuma dúvida deve ser ignorada e o profissional que está atendendo deverá ter o conhecimento necessário para orientá-lo.

O contratante da apólice de seguro (proponente), também tem responsabilidades sobre as informações que são fornecidas ao corretor. Toda informação que contempla o enquadramento do risco deve ser fornecida com clareza e corretamente pois um dado errado ou omitido poderá levar a uma negativa de indenização do seguro.

Existem três categorias de seguros: para pessoas, de bens e de Responsabilidade Civil. E dentro de cada categoria, divisão sobre itens/bens seguráveis. De pessoas por exemplo existem seguros de vida, odontológico, saúde, acidentes pessoais, entre outros.

A divisão dos seguros se dá pelo tipo de risco ou bem a ser segurado.

A BRCondos possui equipe de consultoria e corretora de seguros para atendê-lo, sempre com os melhores planos para o que você precisa.

Não chore pelo seguro não contratado, se você puder esteja seguro para tudo na vida.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *