Artigo Assinado

Para dar uma forcinha na educação dos seus filhos

por Bauer Orcina em 11 de maio de 2017

Pensem numa nação mais amadurecida, mais aprontada. Certamente é constituída de um povo que ensaiou soluções milhares de vezes; falhou nessas soluções milhares de vezes. Sanando equívocos anteriores, praticando atitudes mais eficientes foi ganhando sabedoria coletiva. Passou por dores, pobreza, exclusões. CORRUPÇÃO.

É um processo e cada Pátria tem o seu caminho. Nenhuma delas está isenta de dores e equívocos justo pelo fato de que todas são feitas de seres humanos. Por isso também nenhuma delas está imune aos aprendizados: amadurecer é uma condição humana.

São necessários muitos anos e muitas gerações. O despertar de um povo se dá num processo natural e ele começa, olhem só, no DESPERTAR DOS PAIS. Pais que perceberam a necessidade de melhorar as suas próprias atitudes oferecem imediatamente essa oportunidade para os seus filhos.

Esses filhos, por sua vez, que recebem novas informações, sentem um tipo de ‘benção’ para também fazer diferente: para fazer melhor! São crianças e serão os futuros adultos que se tornaram terrenos mais férteis para atitudes mais generosas e harmoniosas. No interior de muitas dessas crianças, começa a nascer ideias mais solidárias e menos competitivas.

E, dentro dessa solidariedade, as crianças recebem de seus pais uma imagem de comunidade, de grupo, de parceria. Olhem que interessante:

  • Em casa somos uma comunidade, todos colaboram para todos. Isso nos une.
  • No condomínio somos uma comunidade um pouco maior, todos colaboram para todos. Isso nos une.
  • Em nossa cidade somos uma grande comunidade, todos colaboram para todos. Isso nos une.
  • Em nosso país somos uma enorme comunidade. Todos colaboram para todos. Isso nos une.

E, essa escala pode alcançar níveis ainda maiores.

Ensine para os seus filhos a noção de comunidade. Viva dentro de sua casa esta ideia de parceria, de troca, de tempo para conversar e combinar como farão. Mostre para seus filhos, a partir de você, que é possível crescer por fora e também por dentro. Que um ser humano ético e solidário está apto a ser um vencedor.

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários

  1. Fabiana

    Legal o artigo!

  2. Karlla

    É o olhar para o próximo…falta isso na sociedade,mas podemos fazer nossa parte começando dentro de casa!!

    1. BRCondos

      Verdade Karlla, é o segredo de uma convivência mais harmoniosa! 🙂

  3. Hugo Fabiano

    Perfeito.

    1. BRCondos

      Obrigada pela participação Hugo! 🙂