Administração de Condomínio
Convivência

Seu condomínio no CARNAVAL

por BRCondos em 09 de fevereiro de 2018

Para muitos o carnaval é um período de festa, para outros, descanso, passeio, viagens e até mini férias. Nesta época, muitas cidades recebem um número maior de visitantes e é bastante importante para quem mora nos condomínios, localizados nestas regiões, estar atento, seguir regras e ter bom-senso para que o período de diversão não provoque uma tremenda dor de cabeça.

Também pode existir um ciclo maior de comemorações dentro do condomínio que fogem a rotina e que exigirá um olhar mais atento do síndico e aplicação do advertências e lembretes para que as coisas não saiam de controle.

Temos aqui algumas dicas que podem ser seguidas pelos condôminos durante a folia de carnaval. 

As áreas comuns do condomínio – principalmente as churrasqueiras e salões de festa –  também são mais utilizados nesta época. Na verdade, muitas vezes pequenas reuniões podem se tornar grandes festas,  o que não é permitido em muitos condomínios. Para a gestão destes espaços, deve constar no regimento interno toda a tratativa com relação ao uso, horário e outras regras. É com base neste documento que o síndico e os próprios moradores poderão se orientar.

Outra questão das festas de carnaval são os blocos de rua, que passam pelos condomínios e podem em alguns casos resultar em depredações e exposição da edificação. É importante para o síndico saber a melhor maneira de evitar prejuízos e proteger o patrimônio. A portaria é a principal entrada e precisa sempre estar protegida, com equipe ou sistema eficiente para o controle de acesso de visitantes e moradores.

Para evitar maiores problemas neste período, o gestor ou síndico do condomínio pode tomar algumas providências, como:

  1. Fazer valer o Regimento Interno, mantê-lo atualizado e os condôminos conscientes sobre o cumprimento dos seus deveres.
  2. Proibir ou restringir o consumo de bebida alcoólica em alguns locais do condomínio como nas piscinas e áreas comuns de circulação.
  3. Limitar o número de visitantes nas reuniões/encontros nas churrasqueiras conforme convenção de cada prédio.
  4.  Orientar os moradores sobre o agendamento de eventos no período de Carnaval.
  5.  Reforçar a orientação na portaria, principalmente os contatos de apoio tático e emergencial em caso de alguma ocorrência.
  6. Sempre comunicar os moradores sobre os procedimentos de segurança nas entradas e saídas do condomínio. Como esperar o portão fechar por completo e observar se não há ninguém suspeito ao redor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *