Nos nossos projetos de paisagismo é cada vez mais comum que os clientes nos peçamartigo-assinado para incluir ou considerar um pomar no jardim. Mas, vem sempre algumas dúvidas junto. Que frutíferas escolher? Como o pomar e o jardim se integrarão? Qual o tamanho ideal?

Nossa primeira proposta é que no jardim devemos evitar um pomar com aquelas frutas que normalmente podemos comprar na quitanda ou que podemos encontrar facilmente no mercado. Não faz sentido imaginar um pomar com laranjas, maçãs ou bananas. O pomar nos remete a um espaço lúdico, um espaço em que recuperamos o prazer de colher à fruta diretamente da árvore. Melhor ainda se a aventura de colher a fruta vem acompanhada de subir na árvore e alcançar os galhos mais altos buscando as frutas mais suculentas e atrativas.

Neste sentido a nossa proposta sempre prioriza as frutíferas nativas, especialmente aquelas que nos remetem a infância. Reproduzir um pomar imaginário ou real em que as estações são um percorrido pelos sabores e lembranças da infância é um atrativo adicional. Melhor escolher Araçá que Goiaba. Melhor Grumixama, ou Pitangueira que maça. Cambucá, Jabuticabeira ou Jambolão são outras opções que não falham. Jambo, Acerola, Cabeludinha ou Lichia são opções que fazem o projeto do pomar mais interessante. Até o Tucum, o Açaí, o Butiá ou a Guabiroba são algumas das opções que podemos considerar. O importante é conhecer o tamanho, o seu desenvolvimento e principalmente se são frutas que o cliente gosta, não faz sentido escolher árvores das que ninguém goste.

A variedade e a riqueza da flora brasileira nos permitem escolher entre dezenas de espécies. Neste sentido as Eugenias, os Psidium são gêneros com grande potencial, mas nenhum com tanto potencial paisagístico como as Myrciarias.

Depois é esperar que cresçam para que na época certa possamos colher as frutas diretamente do pé. Fazer geleias, marmeladas e doces. Sem esquecer que além de frutas deliciosas as árvores frutíferas enfeitam os jardins com flores e perfumes.

Se vai incluir pomares no seu jardim,  opte por frutas nativas o exóticas que criem um atrativo ainda maior.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *