Crianças, existe diversão além das paredes do seu apartamento (Post 1)

por Jordi Castan em 30 de agosto de 2018

Eu costumo escrever aqui sobre paisagismo,  mas hoje o tema são as crianças que moram em apartamento. Na realidade quero falar com os pais destas crianças e dizer que há outras atividades além de smartphonetablet ou do vídeogame. Mostrar como o jardim e as áreas verdes contribuem para que nossas crianças tenham um maior contato com a natureza.

Cada vez é mais frequente ver crianças que temem ou evitam a natureza. Na origem deste medo há pais que, buscando proteger seus filhos de micróbios, insetos e bactérias veem a natureza como uma ameaça. Como resultado desta visão, acabam evitando que elas brinquem no jardim, do jeito que crianças até os 10 ou 12 anos deveriam brincar.

Crianças precisam sujar as mãos, tomar banho de chuva, ralar os joelhos, colher flores e folhas. Há estudos sérios, que comprovam que um “pouco de sujeira” ajuda a criar anticorpos e aumentar a proteção das crianças frente a doenças comuns.

Mas, é cada vez mais comum escutar destes pais que não gostam que as crianças brinquem no jardim, porque pode ter bichos, sujeira ou há o risco de pegar alguma doença. O resultado é uma nova geração de crianças criadas em apartamentos, com pouquíssimo contato com a natureza.

Mas, eu tenho um convite especial para te fazer!

Brincar no jardim, caminhar descalço na grama, colher flores, cuidar de uma horta e colher rabanetes ou cenouras são atividades que devemos estimular e que devem estar previstas num bom projeto de paisagismo também.  Crianças que brincam no jardim são mais saudáveis, mais fortes e desenvolvem habilidades que os acompanharão ao longo da vida.

Pense nisso! O jardim deve ser um espaço de aventura, de descoberta, de desenvolvimento e de observação. O contato com plantas, flores e animais de companhia estimula e desenvolve a sensibilidade, o carinho e contribui ainda para a formação de crianças mais curiosas e criativas.

Teremos a continuação dessa ideia em breve!

Até o próximo post.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *