Automação

Portaria remota: saiba tudo sobre essa tecnologia

por BRCondos em 23 de junho de 2020

A portaria remota é uma solução de acesso condominial que utiliza a tecnologia e os recursos de monitoramento para permitir a entrada de visitantes e moradores. Essa é uma solução feita inteiramente à distância e que substitui de modo completo a portaria física tradicional.

Com a escolha de uma solução adequada e com as funcionalidades necessárias, é possível evitar diversos riscos e acessos não-autorizados. A contratação deve ser feita com uma empresa especializada, que trará toda a estrutura exigida.

Como essa solução funciona?

Para aproveitar tudo o que essa solução tem a oferecer, é essencial entender como ela funciona na prática. Afinal, essa alternativa não depende da presença de um profissional na portaria, pois envolve o uso de tecnologia e o contato com uma central.

Com uma atuação consistente, é possível obter bons níveis de segurança e atender às necessidades de modo completo. Para compreender como isso é viável, explore o funcionamento dessa solução.

Solicitação inicial de acesso

Tudo começa quando um visitante chega ao condomínio. A pessoa utiliza o interfone, que é conectado com a central de monitoramento da portaria remota. Nesse momento, deve se identificar para que possa ter a entrada liberada.

Inclusive, essa solução envolve o uso de câmeras para controlar e acompanhar as pessoas que solicitam a entrada. Mesmo de longe, dá para monitorar tudo o que se passa no local, o que evita qualquer tentativa de fraude, por exemplo.

No caso dos moradores, o processo acontece de forma automática. Isso é possível graças ao uso de soluções específicas de identificação, que são verificadas pelo sistema e garantem a liberação.

Processo de validação

Assim que há a solicitação de acesso ao condomínio, a central de monitoramento realiza processos de validação. Se for um novo visitante, pode haver o cadastro de informações e o aviso ao morador, para que autorize a entrada.

No caso da entrega de encomendas, cada condomínio tem a própria definição de processos. No entanto, é comum que a central monitore a chegada dos profissionais e o morador tenha que receber os pedidos na portaria.

Liberação à distância

A etapa final envolve a liberação de acesso para visitantes no condomínio. Isso é feito em questão de segundos e totalmente à distância, o que simplifica a etapa sem deixar de lado a segurança.

A liberação é feita por profissionais da central de monitoramento e acontece graças à automação de certos componentes do condomínio. O portão automático de acesso, por exemplo, é aberto à distância por meio da tecnologia.

Depois, todos os dados são registrados, com as devidas definições sobre os horários de entrada e saída e as pessoas de cada etapa. Inclusive, há registros em vídeo das entradas e das saídas, que podem ser consultados conforme a necessidade.

Uso de alarmes de segurança

Como visto, os moradores obtêm acesso automático por meio de recursos como a tag veicular ou o acesso biométrico. No entanto, os condôminos podem estar diante de alguma ameaça não detectada, como um invasor posicionado dentro do veículo.

Para situações como essas, o serviço conta com o uso de alarmes de segurança. Por meio de uma biometria de pânico, o morador consegue acionar o sistema  e informar que existe uma situação de risco em andamento.

A central de monitoramento é informada imediatamente e faz a conferência da situação. Se for necessário, são definidas ações para evitar a entrada de invasores e para proteger os moradores.

Quais são as tecnologias envolvidas?

As soluções de portaria remota só são possíveis graças ao uso estruturado de tecnologia. Nesse sentido, há diversos recursos que são aplicados para que todos os condôminos aproveitem as vantagens dessa solução.

Então, vale a pena entender quais são as tecnologias envolvidas e, principalmente, como elas interferem nos resultados. Venha compreender quais são os recursos específicos que compõem essa solução!

Monitoramento por câmeras

Como dissemos, o uso de câmeras tem um papel indispensável na portaria remota no condomínio. Esses equipamentos são posicionados em áreas específicas, como na entrada, e garantem a avaliação visual dos visitantes.

Isso é indispensável para garantir uma boa comunicação com a central de monitoramento, além de ampliar o nível de segurança. Afinal, é um jeito de evitar vulnerabilidades, como visitantes que falsificam a identidade.

Leitor tecnológico

Outro recurso muito utilizado é o leitor tecnológico. Ele é aplicado em diversas situações e ajuda a tornar a portaria remota especialmente eficiente e funcional. O leitor biométrico, por exemplo, é usado por moradores. Depois de cadastrarem as digitais, os condôminos liberam o próprio acesso com a leitura biométrica. É uma alternativa mais segura que o uso de chaves.

No caso dos veículos, é comum que haja a utilização de tags. Elas são lidas automaticamente pelos recursos da portaria remota e fazem a liberação da garagem para os condôminos, por exemplo.

Já o QR Code é gerado individualmente e protege contra clonagens. É uma alternativa interessante para que visitantes liberem o próprio acesso, de forma automática. Ele é gerado pelo morador e contém as informações relevantes de quem faz a visita.

Sistema de interfonia

A comunicação com a central de monitoramento depende, também, de um bom sistema de interfonia. A ideia é simples: assim que uma pessoa aciona esse componente, há uma comunicação direta com os responsáveis pela gestão de acesso.

A central, então, recebe as informações de imagem e som, que são transmitidas com a ajuda das câmeras. Se for o caso de uma pessoa que solicita liberação, há a apresentação das informações, como o nome e o condômino que deve dar a autorização.

Essa comunicação em tempo real permite que haja o contato com o morador para que o acesso do visitante seja permitido, por exemplo. Também é uma forma de direcionar os esforços de monitoramento sempre que existe uma solicitação, de modo a garantir plena segurança de todo o condomínio.

Automação de portões

A automação do condomínio também é essencial para que a portaria remota seja colocada em prática. Vale a pena dar atenção específica em relação aos portões, para que eles sejam liberados mesmo à distância.

Também é o caso de pensar em mecanismos que façam a leitura das tags de veículos, por exemplo. Isso ajuda a garantir um nível elevado de eficiência, sem prejudicar toda a proteção envolvida.

Quais são os seus maiores benefícios?

Um dos aspectos mais relevantes em relação a essa ferramenta é a segurança oferecida. Por ter uma estrutura completa, atende às principais demandas do condomínio e garante a proteção patrimonial e dos condôminos.

Isso acontece, primeiramente, por envolver a atuação especializada de uma central de atendimento. As liberações de acesso se baseiam em critérios objetivos e em processos muito bem definidos. Com isso, há uma eliminação de possíveis vulnerabilidades e somente pessoas autorizadas acessam o local.

Além disso, a segurança da portaria remota não tem a ver apenas com a permissão de entrada de pessoas. Ela também é útil para realizar rondas virtuais, por exemplo. Assim, os pontos específicos recebem acompanhamento constante, sendo possível agir diante de qualquer problema.

Monitoramento 24 horas

A questão da segurança está diretamente ligada ao monitoramento. Com a contratação de um serviço do tipo, o condomínio e seus pontos de acesso serão monitorados por evento sempre que houver um acionamento. Este acionamento dispara a abertura da câmera para o operador monitorar. 

Redução dos gastos

Outro aspecto muito importante sobre a portaria remota tem a ver com a redução dos custos. Basicamente, essa é uma alternativa que diminui consideravelmente os gastos condominiais, ao mesmo tempo em que a segurança é reforçada.

Isso é possível porque não é necessário contratar um ou mais porteiros. No caso de atuação 24 horas, além de ser necessário ter de 2 a 3 funcionários, há os custos com adicionais noturnos e as horas extras. Somando isso aos impostos e aos direitos trabalhistas, há um grande peso nas contas.

Já com a portaria remota, é possível economizar com robustez. Será necessário fazer um investimento menor e com excelente retorno. Assim, há uma economia substancial a cada mês, o que favorece o equilíbrio financeiro da gestão.

Reforço da busca por segurança e tranquilidade

Uma das principais preocupações das pessoas é a segurança em relação à moradia. A busca por tranquilidade tem tudo a ver com o bem-estar e com a sensação de proteção do patrimônio e da família. Inclusive, esse é um dos motivos para a escolha crescente de condomínios, já que oferecem mais proteção.

A melhor forma de aproveitar essas e outras vantagens dessa tecnologia é com a escolha de uma empresa de qualidade. Conheça a solução BRCondos Automation e veja como podemos ajudar!